Home Bio Notícias

  •   Email
 
Inter.Net reajusta tarifa e clientes reclamam


Fonte: JC - Online
Data: 05/12/2001

Depois de um breve período de trégua, que se seguiu a inúmeras turbulências no decorrer do ano, a Inter.Net volta a contrariar os usuários. O motivo da queixa desta vez é o anúncio do aumento de 22,5% no valor da mensalidade do Apartnet, serviço de acesso condominial à Internet da empresa, que passou de R$ 40 para R$ 49, para clientes com mais de um ano de assinatura. Os que contrataram o serviço há menos tempo, por garantia do Código de Defesa do Consumidor, continuam pagando a tarifa antiga até completarem 12 meses como cliente da empresa.

A indignação dos usuários vem, sobretudo, do fato de o reajuste não ter sido acompanhado de uma melhoria na qualidade dos serviços do provedor. Problemas como queda de conexão e indisponibilidade continuam ocorrendo com freqüência, como confirma o administrador de empresas Gevilacio de Moura, cliente desde os tempos da Elógica. “Antes de pretender aumentar a mensalidade, que tal a Inter.Net prestar um serviço mais confiável?”, dispara.

De acordo com o presidente da Inter.Net, Clovis Lacerda, os transtornos estão sendo provocados por uma nova mudança na infra-estrutura do serviço, que está sendo conectada diretamente ao backbone da Intelig, através de cabos de fibra óptica. “A tecnologia acabará com os problemas de interrupção, incrementando a velocidade de acesso”, garante Lacerda, acrescentando que a reestruturação deve ser concluída em janeiro. De onde virá parte do dinheiro investido na renovação? Isso mesmo, do reajuste da mensalidade do Apartnet.

No início deste ano, a Inter.net passou por mudança semelhante, quando transferiu sua rede para a Telemar. A época foi de muitas reclamações de usuários e houve até suspensão de várias assinaturas.

Lacerda admite que, embora tenha ajudado a solucionar alguns problemas, a medida também contribuiu para o surgimento de vários outros. “Antes, o sistema estava distribuído em diversas centrais da Telemar. Agora a estrutura será centralizada no nosso novo escritório, em Boa Viagem, o que nos permitirá ter um controle total da operação, oferecendo redundância de equipamentos e maior agilidade no atendimento”, assegura.(M.L.D.)

  

Projeto AltasOndas                                                                              Washington D.C., 2005