Home Bio Notícias

  •   Email
 
Rede Brasil fecha e é incorporada à Brasnet


Fonte: JC - Online
Data: 18/04/2001

Depois de alguns boatos circulando entre usuários do programa de bate-papo IRC, confirmou-se na semana passada o fim da Rede Brasil como rede independente de servidores, sendo agora incorporada à Brasnet. Criada há três anos, a Rede Brasil vinha sofrendo alguns problemas técnicos, mas segundo o presidente da Inter.net e um dos fundadores do servidor, Clovis Lacerda, a decisão foi administrativa.

A Rede Brasil surgiu como uma dissidência da Brasnet, pois alguns administradores não concordavam com as regras que impediam a adesão de novos provedores à rede. “Com o tempo, as arestas foram se dissipando até que as duas redes possuíam as mesmas regras, e muitos provedores estavam presentes em ambas”, explica Lacerda.

Outro motivo do desgaste da Rede Brasil foram os demais interesses dos administradores. “As redes são como o hobby de radioamador, não possuem nenhum fim lucrativo e são geralmente mantidas por estudantes de informática. Essas pessoas amadurecem e ficam cada vez com menos tempo para gerenciar o serviço”, diz. Quanto aos problemas técnicos, ele nega que isso tenha influenciado. “São problemas que ocorrem em qualquer rede, mas que talvez tenham sido a gota d’água para a junção. Mas estávamos falando com o pessoal da Brasnet sobre isso há dois anos.”

A Rede Brasil agregava 30 servidores de IRC de todo o Brasil, mas de acordo com seu fundador, ela só tinha uma presença forte no Recife. “A Brasnet consegue uma atuação melhor em João Pessoa, Fortaleza e outras cidades no Nordeste”, define Lacerda.

Entretanto, muitos usuários reclamam pelo menos de dois fatores da união das redes: a falta de transparência com os usuários e a confusão envolvendo OPs (operadores de canais) e registro de nicks. “Eles fizeram muitas propagandas dizendo que a Rede Brasil nunca chegaria ao fim, isso até mesmo uma semana antes do fim”, acusa o usuário Luís Otávio Peixoto, 20 anos.

“Quando todos os usuários migraram, encontraram os mesmos problemas, porque é impossível uma rede de médias proporções receber tanta gente”, analisa Peixoto. “Mas acho que a situação está se estabilizando. Os usuários da Rede Brasil perdem em praticidade, por ter que recriar os canais, mas ganham em serviços, porque uma rede de maiores proporções como a Brasnet tem mais a oferecer”, diz, otimista. (M.P.)

  

Projeto AltasOndas                                                                              Washington D.C., 2005