Home Bio Notícias

  •   Email
 
Inter.Net faz acordo com Telemar


Fonte: Novo Milênio
Data: 21/03/2001

Um acordo de expansão de seis mil portas para acesso discado e DVI na região de cobertura da Telemar (Rio de Janeiro e região Leste, Centro-Oeste, Nordeste e Norte do Brasil) será firmado pela Inter.Net com essa operadora telefônica, durante a Telexpo, no dia 22/3/2001. A assinatura do acordo será feita pelo presidente da Inter.net no Brasil, Clovis Lacerda e pelo presidente da Telemar, Manoel Horácio, às 16h30 no estande da Telemar (rua H8).

O investimento é de R$ 3,6 milhões e dará condições de atendimento de mais 72 mil clientes até o final do ano. A Inter.net, provedor com atuação mundial (27 países) e sede nos Estados Unidos, já tem 160 mil clientes no Brasil com base em dez provedores regionais. Está terminando a integração dos provedores regionais este ano e partindo para expansão de sua participação tanto em acesso discado, como em banda larga. Os provedores regionais que compõem a Inter.Net são STI, Elogica, CorreioNet, Openlink, Domain, GBL, Pontocom, SerNet, Horizontes e TBA.

Sabatinado pelos usuários - O presidente para o Brasil da Inter.Net, Clovis Lacerda, que está organizando a integração de sites regionais em onze estados para fazer o lançamento oficial da marca do provedor em abril/2001, participou no dia 7/3 de três horas de entrevista ao vivo com os usuários. “O dia em que fizemos contato”, como foi batizado o encontro em anúncios em rádios e jornais de várias partes do País, mostrou em vídeo e áudio a disposição da empresa em atender projetos e necessidades apontados pelo público.

“Fiquei muito feliz em notar o interesse do público” disse Clovis Lacerda após a maratona de perguntas e respostas com 2.500 internautas de Recife, Salvador, São Paulo, Brasília, Curitiba, Campinas, Belo Horizonte, Feira de Santana e João Pessoa. “Nós começamos conhecendo as necessidades dos mercados regionais, fato que outros provedores deverão ainda levar algum tempo para dominar”.

Os interesses dos usuários variaram de informações sobre a continuação da validade do endereço de correio eletrônico que já possuem, até indagações sobre o futuro do mercado. A qualidade e velocidade do acesso, atributos que serão o ponto forte da Inter.net, foram uma das grandes preocupações. O presidente da Inter.Net adiantou que naquele dia mesmo acertara investimentos de US$ 200 mil em equipamentos e programas para melhorar a qualidade de serviços do provedor, investimentos que terão continuidade neste ano. Também foi bastante abordada a questão da importância do conteúdo dos portais na atual etapa de desenvolvimento da Internet no Brasil.

“Precisamos definir melhor o que se entende por conteúdo. A Inter.Net enxerga a necessidade de apoiar a interatividade de conteúdos dos próprio usuários. Conteúdo relacionado aos seus hábitos, estilos de vida, interesses pessoais e comunitários.”

Clovis Lacerda também destacou para os interlocutores os diferenciais tecnológicos que pretende colocar à disposição deles: serviços de banda larga (Internet de alta velocidade) e serviços exclusivos voltados para micro e pequenas empresas que precisam automatizar suas atividades a baixo custo.

  

Projeto AltasOndas                                                                              Washington D.C., 2005