Home Bio Notícias

  •   Email
Já montou o seu e-business?


Fonte: JC - Online
Data: 17/05/2000

por Clóvis Lacerda
Especial para o JC

O que mais temos lido na imprensa ultimamente são matérias a respeito das inúmeras oportunidades de negócio na Web. Já é notória a grande falta de profissionais qualificados no maior mercado de tecnologia do mundo, os EUA. Quando bater o desespero, os americanos estarão distribuindo green cards em centros de excelência de informática por todo o mundo, como a Índia e o Brasil. E, dentro do Brasil, com muito orgulho, citemos Pernambuco. Em breve, faltarão dedos para contar o número de pernambucanos que já se mudaram para o Exterior.

Mas a pergunta crucial que quero fazer é a seguinte: E você, caro leitor, ainda está parado? Deixará passar essa ‘corrida ao ouro’, tal qual aprendemos a ver nos filmes do Velho Oeste? Está também sobrando capital de risco. Dinheiro demais e negócios de menos para investir.

Ainda podemos dizer que a hora é essa para desenvolver seu e-negócio. Áreas promissoras onde você pode investir envolvem sites de conteúdo, comércio eletrônico, Intranets, ASP (Application Service Providers), dedicados a disponibilizar serviços que outrora precisavam do famoso "setup.exe" para instalar e algumas dezenas de DLLs para consumir seu disco rídigo.

O pulo do gato não é simplesmente montar um site de conteúdo (já aos montes), comércio eletrônico (idem) e aplicacoes que rodem em TCP/IP. A Rede exige ousadia, criatividade, visão de mercado e desprendimento. É fundamental possuir bagagem técnica e de marketing.

Como pernambucano, tenho sempre torcido em ver a gente de nosso Estado se destacando na grande rede. Temos competência e a tenacidade natural do nordestino. Temos homens de visão como Sílvio Meira e Cláudio Marinho, empresários arrojados como Belarmino Alcoforado e José Claudio. E há um pouco disso em cada um de nós. Precisamos colocar à tona nosso potencial e acreditarmos em nós mesmos. Não é difícil. Será revolucionário.

Devo estar, no dia de hoje, na sede da Inter.net, empresa da PSINet, na Virgínia. Dias antes, já terei passado por algumas empresas no Vale do Silício, na Califórnia.

Irei dizer que em Pernambuco a gente faz e desfaz. Podem investir aqui, projetos e competência não faltam. Voltarei após uma semana com a sensação de que se passaram 100 dias. Como provou Einstein, o tempo é relativo, e quando a questão é Internet e tecnologia, o tempo não passa; voa.

Prometo que no próximo artigo darei dicas detalhadas de como preparar seu business plan, ou plano de negócios, para apresentar a investidores e quem sabe, tornar-se mais um bem e-sucedido. Para os que acreditam na Teoria da Relatividade e não quiserem esperar, podem contar com meu e-mail para trocar idéias.

* Clóvis Lacerda é executivo da PSINet/Elógica.(clovis@lacerda.com.br)

  

Projeto AltasOndas                                                                              Washington D.C., 2005