Home Bio Notícias

  •   Email
 
PSINet ainda tenta vender o data center do Rio de Janeiro


Fonte: Telecom Online - SP
Data: 20/08/2001

A PsiNet, que anunciou hoje, 20, o encerramento de suas atividades no país, ainda negocia seu Internet Data Center (IDC) localizado no Rio de Janeiro. Philippe Kupermann, presidente da PsiNet Latin America, que compreendia as operações no Panamá, Chile (já vendidas), México, Argentina e Uruguai (ainda em negociação) e Brasil, conta que a expectativa era vendar os ativos da subsidiária para um operador nacional. "Mas o investimento e o retorno necessário são incompatíveis com os que as operadoras necessitam nesse momento. O atual cenário econômico teve um peso muito grande", explicou. Kupermann afirmou que, das sete cidades onde a PsiNet estava presente, apenas em Salvador (BA) e Recife (PE) tiveram as atividades interrompidas. Mas, para todos os quase 3 mil clientes que a empresa mantinha, a recomendação é de que procurem fechar contratos diretamente com os fornecedores da PsiNet (Diveo, AT&T, Telefônica e Telemar). "Acredito que essas empresas terão grande interesse em mantê-los como clientes. Mas a negociação dos preços dos serviços deverá ser feita entre as empresas", lembrou. Kupermann se recusou a dizer o montante da dívida da PsiNet no país, mas disse que ao optar pelo encerramento das atividades, a empresa está buscando se proteger de novos endividamentos, como os decorrentes da quebra de contratos. Ele explicou que não sabe qual será o destino dos ativos da empresa, que ainda dependem de um pedido formal de falência da companhia, que pode acontecer nos próximos dias. Os 200 funcionários que a PsiNet mantinha em 11 escritórios foram demitidos. Em março deste ano, a Inter.net, provedora brasileira de acesso à Internet que até então tinha 100% do seu capital em mãos da PsiNet.inc, teve seu capital adquirido por dois sócios norte-americanos. Segundo Clovis Lacerda, presidente da Inter.net, desde que a situação financeira da controladora começou a ficar insustentável -- no início do ano, a Nasdaq interrompeu a negociação dos papéis da empresa, que perderam valor -- foram tomadas todas as medidas necessárias para garantir a operação do provedor. "Fechamos contratos de serviços diretamente com a Telemar, a Telefônica e a Intelig e hosting com a Optiglobe", explicou. Com cerca de 120 assinantes, a Inter.net perdeu alguns clientes durante a migração dos servidores para a Optiglobe. "A perda de receita, no entanto, foi compensada com o acerto no cadastro que permitiu faturar clientes que não pagavam", lembrou Lacerda.

  

Projeto AltasOndas                                                                              Washington D.C., 2005